Águas vivas

 

água viva transparente muito comum no litoral sul brasileiro

A água-viva é um animal marinho, invertebrado pertencente ao filo dos cnidários. O corpo de uma água-viva adulta é composto de uma substância gelatinosa em forma de sino que envolve sua estrutura interna, da qual os saem vários tentáculos.

As águas-vivas são um dos seres mais intrigantes do reino animal têm muitas formas e cores diferentes e variam em tamanho. Em geral, medem de poucos milímetros e podem chegar a 3 metros de diâmetro.

Uma espécie de água-viva encontrada no mar frio do Ártico é enorme, seu corpo pode ter mais de 2,5 metros de largura e seus tentáculos podem ter incríveis 36 metros de comprimento.

Embora as águas-vivas frequentemente sejam transparentes ou de cor azul pálida, elas também podem ser amarelas, azuis profundas, púrpura brilhante, lilás, laranja brilhante, vermelho escuro.

Algumas águas-vivas, quando são perturbadas durante a noite, são capazes de produzir luz por bioluminescência.

As águas-vivas são constituídas por uma camada de epiderme, gastroderme, e uma espessa camada gelatinosa chamada mesogleia que separa a epiderme da gastroderme. Os tentáculos de uma água-viva são cobertos com células que picam, chamadas de cnidócitos. Elas liberam uma substância urticante capaz de espantar predadores e paralisar suas presas

Habitat:

As águas-vivas são habitantes dos mares tropicais e das águas frias do Árticoonde estão há mais de 650 milhões de anos. São animais pelágicos, isto é, vivem no mar aberto e, embora possam ser impulsionados com movimentos rítmicos de seus guarda-chuvas, movem-se basicamente à mercê das correntes marítimas.

As águas-vivas sobreviveram por muito tempo em seus habitats aquáticos. Estão na Terra há milhões de anos e podem ser encontradas em todos os oceanos

 Queimadura causada por água-viva

Queimadura de água-viva é um problema relativamente comum para as pessoas que nadam ou mergulham no mar. Seus longos tentáculos podem injetar veneno usando milhares de picadas microscópicas. Essas mordidas variam muito em gravidade. Na maioria dos casos, causam dor imediata e marcas vermelhas e irritação da pele.

Algumas picadas podem causar doenças sistêmicas, ou seja, por todo o corpo, não somente no local e, em casos raros, as picadas de água-viva são potencialmente mortais.

A dor ardente, manchas vermelhas, marrons ou violetas na pele, coceira, inchaço e dor latejante que irradia de uma perna ou braço são os sintomas de uma queimadura de água viva.

Banhista teve a perna queimada por água viva na praia

O que fazer quando houver uma queimadura de água-viva:

Se as células pungentes de uma água-viva entrarem em contato com sua pele, elas liberarão um veneno que pode causar vários sintomas. Os mais comuns são: forte dor local, inchaço da pele, vermelhidão ou feridas, dor de cabeça, náuseas, vômito e diarreia, além de tremores e suor

Tratamento:

Despeje vinagre sobre os tentáculos, imobilize a área picada e tente deixar a vítima deitada, se possível.

O melhor e mais correto a fazer, no entanto, é procurar atendimento médico com urgência!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *