PINGUINS ESTÃO DESAPARECENDO NA ANTÁRTIDA

PINGUINS-DE-BARBICHA NA ILHA ELEFANTE

Uma expedição realizada pelo Greenpeace à Antártida constatou que houve drásticas reduções em muitas colônias de pinguins.No último levantamento, realizado em 1971, havia 122.550 pares de pinguins em todas as colônias da Ilha Elefante, enquanto a contagem recente revelou apenas 52.786 pares, uma queda em quase 60%.

E tem mais: As dimensões da mudança da população ainda variam de colônia para colônia, na própria Ilha Elefante, e o maior declínio, de 77%, foi registrado em uma colônia conhecida como Chinstrap Camp.

A mudança climática provocou a redução do gelo marinho, por conta do aquecimento dos oceanos, o que significou, ainda, menos krill, que é o principal componente da dieta dos pinguins.

Krill, minúsculo camarão e favorita comida dos pinguins, está diminuindo drasticamente por conta do aquecimento excessivo das águas do mar

Atualmente, dois navios do Greenpeace estão na Antártida com pesquisadores trabalhando a bordo: os quebra-gelo Esperanza e Arctic Sunrise. Os pesquisadores independentes, auxiliados por ativistas do Greenpeace, descobriram que todas as colônias de pinguins pygoscelis antárticos examinadas na Ilha Elefante estão diminuídas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *